terça-feira, 29 de novembro de 2011

Belo Monte em Xeque

Conforme o site do Movimento Xingu Vivo para Sempre (MXVPS) ,"Cerca de dois mil trabalhadores cruzaram novamente os braços desde a manhã de sexta-feira (25), no canteiro Belo Monte, principal obra da construção da usina hidrelétrica na região de Altamira (PA)." Ver noticia.


ANTONIA MELO NO MOVIMENTO GOTA D'ÁGUA



A polêmica em torno da construção da usina de Belo Monte na Bacia do Rio Xingu


Estudantes parodiam globais em vídeo pró-Belo Monte

Sobre isso tenho a dizer.

Assusta-me que o futuro esteja nas maos de jovens , que apoiem essa ideia. Considerei o estilo de parodia , alem de brega,uma agressao aos que divergem da ideia e defendem o que eles nunca iriam entender cercados no que deve ser, o mundo deles. De um tempo para cah, parece que um monte de 'filhinhos de papai', resolveram querer aparecer, se manifestar e pelo que mesmo? Vamos lah: Primeiro, fiquei estupefacta, que apesar de denuncias de corrupções no governo, a UNE (alias, conforme fvarias ontes, comprada pelo PT- Leia )se manifesta mas, apenas sobre o caso daquela estudante da Uniban por ter sido infelizmente agredida moralmente por estar com saia curta. Pouco tempo atras , houve a invasão dos estudantes na USP, por motivo chinfrim sim ,aih sim, uma tempestade em gota d'agua, comparando com as mil razoes com mais nexo para isso, como a nossa péssima estrutura de Educação e saúde do país e ainda, a roubalheira a dar com o pau, conforme noticiários ( alias, que acho que nao assistem , como nao lêem). Mas, caih mais para trás mesmo, pasmem, quando li que quem liderou a invasão , foi um 'menino fofinho' (corrija-me se li errado... leia noticia) de 29 anos , que estah anossss na faculdade e ainda mora com os pais =)




Com os valores de hj em dia, infelizmente , muito diferentes dos jovens de outrora, saídos de universidades , das quais , nos resultam num vergonhoso penúltimo lugar em Educacao no mundo em 2010 (Leia ) . Muitos, saem das universidades despreparados, o caso dos estudantes de medicina foi o ' cocô do cavalo do bandido"( Leia ) e muito mais, pelo q tenho visto em redes sociais (alias, fico horrorizada com os erros de quem se diz 'estudado' hj em dia) nao sabem nem escrever o portugues descentemente e falo de erros grotescos como ' você' com "s" por exemplo.
Estamos atravessando tempos escuros em termos de estrutura familiar, onde o conceito de valores, anda passando longe. Muito menos , respeito aos direitos e semelhantes; quem dirah ao restante dos seres vivos. Um mundo cheio de mundinhos individualistas , superficiais e manipulados. Decepcionante!
Pessoalmente, acho que essa juventude, nao tem moral para se meter em assuntos de gente grande.

Ana Claudia

Um Voo pelas maiores Belezas e Perfeições da Vida



Preserve!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Piratas da Somália?

Repassando algo seríssimo, para quem desejar conhecer o "outro lado dessa história" e sobre o impacto ambiental consequente disso.
Vídeo do documentario produzido por Juan Falque.

Assistir vídeo

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

6 toques para substituir os sacos plásticos ;)


Para quem nao sabe, 3 de julho passado. foi o Dia Internacional Sem Sacos Plasticos, mas, o ideal seria mesmo, que todos os dias fossem dias sem sacos plásticos ;)
Primeiro
Segundo
Terceiro
Quarto
Quinto
Sexto


Para refletir, repensar e agir. Fazer a diferença para o planeta eh necessario . Momento de se tocar ;)
Existem ideias para substituir as sacolas plásticas como carrinhos de feira, ecobags, caixas de papelão ( Nos E.U.A, alguns supermercados americanos jah oferecem essas caixas) e, as vezes, dependendo, ateh a própria mochila . Viu? nota-se que ela nao eh tao importante assim em nossa vida e muito menos , para o planeta. ;D

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Livro Guia Ecologico ;)



Livro Guia ecológico doméstico de Maurício Waldman e Dan schnneider.
O Guia Ecológico Doméstico é um livro voltada para atender para o dia-a-dia mais ecológico, na sua própria casa, escola ou ambiente de trabalho. Ele apresenta dezenas de procedimentos simples, econômicos e baratos e centenas de receitas caseiras para uma vida Ecológico .

Vale a pena estar por dentro:Programa Água Brasil

Programa Água Brasil eh uma parceria entre a Fundação Banco do Brasil, a Agência Nacional de Águas e a organização ambientalista WWF-Brasil.


Oficina de gente: eventos promovidos pelo Água Brasil buscam o envolvimento da sociedade.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Audiência Pública debate relatório da Plataforma DHESC"A que aponta impactos da mineração de urânio na Bahia"

(Via email_Mario Gabriel)


'A Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal realizará, na próxima quinta-feira, 06, às 10h, Audiência Pública sobre os impactos da mineração de urânio. A discussão vem à tona através da Relatoria Nacional para o Direito Humano ao Meio Ambiente da Plataforma Dhesca Brasil (Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais), que durante a audiência lançará o “Relatório da Missão Caetité: Violações de Direitos Humanos no Ciclo do Nuclear”, estudo que aponta inúmeras violações decorrentes da mineração de urânio em Caetité, Bahia, onde funciona a Unidade de Concentrado de Urânio das Indústrias Nucleares do Brasil (URA-INB).

O relatório, fruto de uma investigação que durou mais de dois anos, revela danos causados pela atividade mineradora à saúde, ao meio ambiente e à economia. A socióloga Marijane Lisboa, Relatora para o Direito Humano ao Meio Ambiente, explica que depoimentos, estudos, denúncias e reuniões com autoridades públicas e comunidades atingidas embasaram a pesquisa e tornaram possível constatar as contradições que envolvem a exploração de urânio. Tudo isso levou a Relatoria a questionar o investimento do Brasil no Ciclo do Nuclear, para o qual Caetité tem cumprido papel indispensável, pois o município, distante 750 Km da capital baiana, é responsável pela mineração e transformação do urânio mineral em concentrado de urânio, a principal matéria prima do combustível nuclear.

Dentre as ações realizadas pela Relatoria, destacam-se as visitas às diversas comunidades da região ao entorno da mina, como a de Juazeiro, distante 8 km do centro da exploração. Lá, estudo independente realizado através do Greenpeace, em 2008, havia identificado que a água de poços apresentava sete vezes maior concentração de urânio do que o limite permitido pela Organização Mundial de Saúde, denúncia confirmada por exames realizados pelo Instituto de Gestão das Águas e Clima da Bahia (Inga-BA) e pela Secretaria de Saúde do Estado (SESAB), que culminou com a suspensão do consumo de água em três poços, em novembro de 2009.

A desinterdição posterior dos poços, em circunstâncias pouco claras, é uma das razões que preocupam a população local e levou-a a solicitar à Plataforma DHESCA a realização do relatório. O documento final aborda outras questões sobre os quais as Indústrias Nucleares Brasileiras (INB) e a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) sistematicamente se recusam a explicar de forma satisfatória, como: os moradores de Caetité têm maior propensão a desenvolverem cânceres pela exposição ao urânio? A água usada pelos moradores está contaminada? Apesar dos vazamentos, por que os órgãos públicos permanecem concedendo licenças ambientais? Por qual motivo as nascentes e poços artesianos usados pelas comunidades secaram? Quais os efeitos do gás radônio?

Partindo desses questionamentos, durante a Audiência Pública solicitada pelo Deputado Penna (PV-SP), através do requerimento Nº 46/2011, Marijane Lisboa irá expor os principais resultados da pesquisa, bem como as recomendações que a Relatoria da Plataforma DHESCA apresenta ao Estado Brasileiro para que os direitos das comunidades sejam garantidos. Representantes das comunidades atingidas e de movimentos sociais estarão presentes, como a integrante da Associação Movimento Paulo Jackson – Ética, Justiça Cidadania, Zoraide Vilasboas, que falará dos impactos sofridos pela população local. Também foi convidado a participar da audiência o Presidente da INB, Alfredo Tranjan Filho.

No ano em que o mundo lembra os 25 anos da tragédia em Chernobyl e vivencia os impactos de mais um acidente nuclear, desta vez em Fukushima, no Japão, o debate em torno da energia nuclear permeará a Audiência Pública, que ocorrerá no plenário nº 8 do Anexo II da Câmara dos Deputados.

Serviço:

Audiência Pública tem como tema o relatório da Plataforma DHESCA Brasil sobre violações de Direitos Humanos relacionados à mineração de urânio em Caetité (BA).


Data: 06 de outubro (quinta-feira), às 10h.

Local: Câmara dos Deputados, em Brasília (Plenário nº 8 do Anexo II)

Mais informações:

Laura Schühli – (41) 3232.4660/ (41) 8858.9600

Helena Martins – (85) 8793.4091 / (85) 9989.7450

Saiba mais sobre a Relatoria:

As Relatorias de Direitos Humanos são uma iniciativa da sociedade civil brasileira, que têm como objetivo contribuir para que o Brasil adote um padrão de respeito aos direitos humanos econômicos, sociais, culturais e ambientais. O projeto foi implantado pela rede Dhesca Brasil em 2002, inspirado no modelo dos Relatores Especiais da ONU.

O desafio dos/as Relatores/as é o de diagnosticar, relatar e recomendar soluções para violações apontadas pela sociedade civil. Para verificar as denúncias acolhidas, as Relatorias visitam os locais realizando missões, audiências públicas, incidências junto aos poderes públicos e publicam relatórios com recomendações para a superação dos problemas identificados.

Denúncias sobre as Indústrias Nucleares Brasileiras (INB)

A INB foi autuada pelo IBAMA pelo menos por quatro vezes. Em 2000, durante o primeiro ano de funcionamento, a Licença de Instalação chegou a ser suspensa por conta do vazamento de 5 milhões de litros de licor de urânio. Entre janeiro e junho de 2004, houve mais sete transbordamentos de licor de urânio para o meio ambiente. Apesar de tais incidentes e das autuações, a Licença de Operação da INB permaneceu sendo renovada pelo IBAMA e CNEN, sem maiores explicações à comunidade. A situação é tão grave que, em julho de 2009, depois de cerca de três anos de avaliação do caso, o Ministério Público Federal ingressou com Ação Civil Pública requerendo a imediata suspensão das atividades da INB até que seja garantida a segurança das populações e do meio ambiente.

Jackeline Florêncio
Secretaria Executiva - Plataforma Dhesca Brasil
www.dhescbrasil.org.br
www.pidhdd.org
+55 (41) 3232-4660

======================

TV Câmara pela internet:
http://www.camara.gov.br/internet/tvcamara/?lnk=ASSISTA-A-TV-CAMARA-PELA-INTERNET&selecao=VIVO

sábado, 17 de setembro de 2011

Clique e fique por dentro da LEI DA NATUREZA

Principais leis de proteção ambiental no Brasil

- Novo Código Florestal Brasileiro - Lei nº 4771/65 (ano 1965)

- promulgada durante o segundo ano do governo militar, estabeleceu que as florestas existentes no território nacional e as demais formas de vegetação, ...são bens de interesse comum a todos os habitantes do País.

- Política Nacional do Meio Ambiente - Lei nº 6938/81 (ano 1981)

- tornou obrigatório o licenciamento ambiental para atividades ou empreendimentos que possam degradar o meio ambiente. Aumentou a fiscalização e criou regras mais rígidas para atividades de mineração, construção de rodovias, exploração de madeira e construção de hidrelétricas.
- Lei de Crimes Ambientais - Decreto nº 3179/99 (ano 1999)

- instituiu punições administrativas e penais para pessoas ou empresas que agem de forma a degradar a natureza. Atos como poluição da água, corte ilegal de árvores, morte de animais silvestres tornaram-se crimes ambientais.
- Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SUNC) - Lei nº 9985/2000 (ano 2000)

- definiu critérios e normas para a criação e funcionamento das Unidades de Conservação Ambiental.

- Medida Provisória nº 2186-16 (ano 2001)

- deliberou sobre o acesso ao patrimônio genético, acesso e proteção ao conhecimento genético e ambiental, assim como a repartição dos benefícios provenientes.
- Lei de Biossegurança - Lei nº 11105 (ano 2005)

- estabeleceu sistemas de fiscalização sobre as diversas atividades que envolvem organismos modificados geneticamente.
- Lei de Gestão de Florestas Públicas - Lei nº 11284/2006 (ano 2006)

- normatizou o sistema de gestão florestal em áreas públicas e criou um órgão regulador (Serviço Florestal Brasileiro). Esta lei criou também o Fundo de Desenvolvimento Florestal.
- Medida Provisória nº 458/2009 (ano 2009)

- estabeleceu novas normas para a regularização de terras públicas na região da Amazônia.

Guepardo 'a flecha amarela'.




'O guepardo (Acinonyx jubatus), também conhecido como chita, lobo-tigre, leopardo-caçador ou onça-africana. Consegue atingir velocidades de 115 a 120 km/h, por curtos períodos de cada vez (ao fim de 400 metros de corrida), sendo o mais rápido de todos os animais terrestres, porém em uma certa ocasião, avistou-se um guepardo que correu atrás de sua presa por 640 metros em 20 segundos, (medidos com um cronômetro), e 73 metros em aproximadamente 2 segundos.'

Estima-se em 250 e que estão listados como criticamente ameaçados de extinção, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza.


Mais sobre


Fontes: Wikipedia; www.megaarquivo.wordpress.com; Youtube

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Petrobras quer distância de Abrolhos. Mas não muita | Brasil

Petrobras quer distância de Abrolhos. Mas não muita | Brasil

Beautiful earth




"Irreversivelmente, mais de um em cada dez de todas as plantas e animais hoje , serao extintos
por causa dos gases responsáveis ​​pelo aquecimento global jah lançado na atmosfera.

Os cientistas estimam que se a humanidade continuar a queimar petróleo, carvão e gás no ritmo atual,
um em cada três animais jah estarao condenados pelo ano de 2050.

Os cientistas estimam que se as taxas de desmatamento atuais continuarem, que todas as florestas tropicais serao destruídas ateh o ano de 2060 ."

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

WWF faz campanha contra desmatamento do Cerrado

"A ONG WWF lançou uma campanha no Reino Unido mostrando que ao contrário do que se pensa, a produção da oleaginosa tem maior impacto na savana brasileira do que no Amazônia .

Segundo a coordenadora da campanha, Isabella Vitali, é difícil despertar atenção do público sobre as questões do Cerrado “O foco principal das campanhas no Brasil continua a ser a Amazônia”, ela conta. Mesmo entre as empresas, o conhecimento parece ser reduzido. Vitalli explica que com o estabelecimento da moratória da soja na Amazônia – acordo firmado entre as ONGs e as maiores empresas comercializadoras de commodities – empresários pensam que o problema já foi resolvido.

A estratégia para sensibilizar os britânicos é pedir que enviem cartas aos principais supermercados pedindo informações sobre o suprimento de soja do Brasil e quaisquer ligações com a produção no Cerrado. O WWF lançará também um relatório em breve com dados sobre a relação entre o mercado global de commodities e o Cerrado." ( O Eco)

Abaixo o vídeo WWF Save the Cerrado campaign feito em ingles para a campanha:





terça-feira, 23 de agosto de 2011

Descubra o ciclo das sacolas plásticas no Akatu Mirim!




http://www.akatu.org.br/

As 'missoes' e a Cultura Indigena

"Paulo Yawanawá fala do atrito entre seu povo e os missionários que chegaram querendo impor um estilo de vida, culpas e pecados inexistentes na cultura indígena."

Belo Monte - Piaraçu





O indio eh um patrimonio cultural vivo . Mas , nesse pais nao se valoriza nem patrimonio, nem cultura e menos ainda, os recursos naturais... e agora? e depois? Vc se preocupa ?

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Diabo-da-Tasmânia ( Sarcophilus harrisii )



Fiquei um pouco fora do ar, mas voltando a tona e com algo bem preocupante que é a situacao dos Sarcophilus harrisii, nome cientifico do "diabo (ou demonio) da Tasmânia
Muito conhecido nos desenhos animados Looney Tunes, mas que, segundo o naturalista inglês Terry Nutkins, a imagem passada nos desenhos é distorcida. 'O diabo-da-tasmânia é um marsupial e por trás de seu nome popular, há um mamífero belo, de olhinhos inteligentes e de temperamento tímido.'

Apesar de serem protegidos pelas leis ambientais da Austrália, um mal anda os atingindo impiedosamente. Conhecida como "doença do tumor facial do diabo" ( Devil Facial Tumor Disease) , essa enfermidade é um tipo de câncer e vem terminando com existência desses animais.

Como ocorre: 'Na face do marsupial, nascem tumores que aumentam de tamanho e o impede de se alimentar. Assim, ele acaba morrendo de fome.'
E ainda conforme fontes, ' cientistas procuram pela cura, mas não descobriram o que causa a doença. Sabem, entretanto, que ela é contagiosa entre os diabos-da-tasmânia. Por isso, tentam remover os animais saudáveis para outros lugares. Em algumas áreas da Tasmânia, 83% desses marsupiais estão infectados.'
"Entre as teorias que tentam explicar o rápido surgimento da doença, estão as de que ela teria sido causada por pesticidas ou por um vírus adormecido nos animais." (oglobo.globo.com/ciencia/salvevoceoplaneta)


Mas, uma noticia na Eco4 Planet dessa segunda feira (22 de agosto ) me deixou feliz, li : "Na semana passada, como um sopro de esperança, cinco animais recém nascidos foram apresentados ao mundo. Foi no Zoológico de Queensland, na Austrália. O nascimento é importante para a espécie já que, mesmo antes da doença misteriosa, o animal se encontrava em risco de extinção."

Ainda no site, "Tammy Forge, diretora do Zoo, diz que os animais podem desaparecer completamente do seu habitat natural em até 15 anos e só sobreviverão os que vivem em cativeiros."

Uma luz no fim do tunel com toda certeza e vamos torcer para que seja descuberta o que causa isso.


Fontes: O globo; Wikipedia; educacao.uol.com.br;marsupiais.blogspot.com; eco4planet
(img : http://entretenimento.r7.com)

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Mortandade de Peixes na Região dos Lagos Novamente

Num levantamento da Guarda Marítima Ambiental, a prefeitura recolheu nos últimos dois dias 30 toneladas de peixes mortos e pelo noticiario matinal da Record , ateh tartaruga marinha.

Conforme site de noticias da região "Pescadores de São Pedro da Aldeia estão preocupados. Peixes foram encontrados mortos e outros agonizando em praias da cidade. Os trabalhadores dizem que o despejo de esgoto na água é a causa da mortandade, mas a empresa responsável por esse serviço na Região dos Lagos se defende e diz que esta não é a causa."

Bom, conforme Eduardo Pimenta, superintendente da agencia de protecao ambiental da costa estadual:"Esse desastre ambiental provavelmente vai se repetir de 20 a 30 dias depois do carnaval porque o excesso populacional acrescido da chuva lançam todo o esgoto na Lagoa de Araruama. Esse esgoto provoca a diminuição dos índices de oxigênio, principalmente à meia-noite, e essas espécies animais não resistem à falta de oxigênio". Ou seja, pelo visto, a problematica eh o esgoto sim. Nesse caso, pergunta-se, como uma região em crescente desenvolvimento, de grande especulação imobiliária e recebendo royalties do petróleo, pode oferecer esse tipo de saneamento básico, totalizo porque a questão da agua também eh lamentável no verão.
Digo, nao eh curioso?
Fico pensando, num momento em que o planeta se encontra em meio dessa problemática toda , onde, de um lado, os mais evoluidos repensam melhor e procuram preservar por um caminho sustentável , enquanto por outro lado, eh isso que se ve...lamentável.






Fontes:
http://intertvonline.globo.com/rj/noticias.php?id=15559
http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL976916-5606,00-SAO+PEDRO+DA+ALDEIA+DECRETA+SITUACAO+DE+EMERGENCIA+APOS+MORTANDADE+DE+PEIXE.html

A Questão Fukushima



A polemica em torno da 'confusa' usina de Fukushima coloca em xeque outra polemica, a questao nuclear. Tema que vem trazendo reflexões sobre nossas vidas, como procedemos quanto a isso , que mudanças seriam preciso e quais soluções. Nessa entrevista do biólogo Jean Remy Davée Guimarães( Universidade Federal do R.J), deu ao Estúdio CH, ele traz alguns esclarecimentos e fala sobre os impactos desse acidente .
Entrevista completa

No momento, existe um impasse.A AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica ) recomendou que a area de evacuação em torno da usina nuclear fosse o dobro que o estipulado pelo Japão de 20 Km, estendendo-se a cidade de Litate, que fica a 40 Km e , que foi detectada a presença de alto nivel de radioactividade. O Greenpeace também não estah satisfeita e pressiona para que o Japão amplie a area de segurança para 30 Km em torno da usina. Mas, o Governo japonês jah informou que nao ampliarah a area de segurança, embora recomendem que os moradores da região entre 20 e 30 km, deixem suas casas de forma voluntária.
Conforme o site do Greenpeace, a ONG continuará a acompanhar e a fornecer uma avaliação independente da situação . Mais no próprio site





Fontes:
http://cienciahoje.uol.com.br/
http://www.valoronline.com.br/online/geral/93/405791/aiea-recomenda-ampliar-area-de-isolamento-no-entorno-de-fukushima/
http://www.greenpeace.org/international/en/campaigns/nuclear/safety/accidents/Fukushima-nuclear-disaster/

Foto:
http://s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2011/03/12/300x225_tremorjapaofukushima_usina.jpg)

segunda-feira, 21 de março de 2011

Garrafa 100% Reciclavel


'PepsiCo anuncia ter criado primeira garrafa 100% reciclável'
( France Press_ AFP)

"NOVA YORK — A fabricante americana de alimentos PepsiCo anunciou nesta terça-feira ter criado a primeira garrafa plástica inteiramente feita a partir de materiais vegetais renováveis e 100% recicláveis.
A garrafa é composta de "materiais brutos biológicos", precisou a PepsiCo em um comunicado, citando a Panicum virgatum, uma gramínea encontrada principalmente em grandes planícies, cascas de coníferas e folhas de milho.
"Futuramente, o grupo quer (...) incluir cascas de laranja, maça, batata, aveia e outros produtos agrícolas derivados de atividades agroalimentares", acrescentou o comunicado.
"PepsiCo, que é um dos maiores grupos produtores de alimentos do mundo, está em uma posição única para utilizar os produtos derivados agrícolas (...) a fim de fabricar uma garrafa ecologicamente correta para nossa produção de bebidas", cometou a PDG Indra Nooyi, mencionando "um modelo de funcionamento sustentável".
A produção desta nova garrafa deve iniciar em 2012, em uma experiência piloto.
A PepsiCo já havia inovado com embalagens plásticas 100% recicláveis para as batatas fritas Frito Lay. Mas elas foram retiradas do mercado americano porque os consumidores consideraram que os pacotes eram muito barulhentos.
Para este novo projeto, a PepsiCo garante que a garrafa terá o mesmo aspecto, a mesma consistência e oferecerá a mesma proteção de uma garrafa plástica clássica.
Na França, o grupo Danone anunciou na semana passada que seu produto Actimel seria vendido no país em uma garrafa plástica composta por 95% de cana de açúcar, após ter introduzido plástico vegetal para a elaboração de garrafas de água Volvic."




(Fonte/foto: http://www.colmeia.blog.br/pepsi-desenvolve-garrafa-100-reciclavel.html)

sexta-feira, 18 de março de 2011

Lixo nas areias das praias ateh quando?




(Flagrantes Praia do Forte - Cabo Frio- RJ )



Começarei esse post com uma frase do francês André Gide, ganhador do Nobel de literatura de 1947 .
"As coisas pertencem a quem sabe desfrutá-las."

Essa frase veio-me a cabeça hoje e discordei dela enquanto caminhava na praia . Devido a quantidade de sujeira nas areias,
as coisas pertencem a quem NAO sabe desfruta-las.


Eh inacreditável, que diante tantos alardes e campanhas de conscientização, ainda se encontre um numero elevado de sacos plasticos na praia. Alem dos sacos, o que também mais chamou a atenção, foram as latas , supostamente, oriundas dos barraqueiros e vendedores ambulantes.
Lembrei-me das fotos que andaram circulando pela net, com enormes quantidades de lixo pos-carnaval, nas praias brasileiras...
Senti uma enorme indignação e desprezo por essa conduta de desrespeito.

Existe um tipo de gente , que acha que por ser publico, se pode tudo... Na verdade, isso eh proveniente de uma distorção de valores e tremenda falta de educação, alias que por sinal , " alguém viu uma educação por ai gente? "
Pois eh...mas eh por ai. A boa educação estah em extinção, os valores inversos, as praias sujas...e pessoas como eu se perguntando " ateh quando?"

Fui.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Energia Nuclear...um mal 'necessario' ???

Nao eh a primeira vez que vem a tona a problemática das consequências da energia nuclear , tanto para a humanidade , quanto para o planeta. A lista de acidentes registrados eh grande, embora nao tao divulgados, veja site . Aqui pertinho, tivemos o caso do Césio-137 em Goiânia em 1987 e um pior, o de Chernobil, em 1986, o qual, produziu uma nuvem de radioatividade que atingiu a União Soviética, Europa Oriental, Escandinávia e Reino Unido, acarretando 400 vezes mais contaminação que a bomba lançada sobre Hiroshima, na segunda guerra mundial. Alias, o caso de Hiroshima e Nagasaki eh considerado um crime contra a humanidade. Para se ter uma ideia do caso de Hiroshima:"O envenenamento por radiação e/ou necrose causaram doença e morte após o bombardeamento em cerca de 1% dos que sobreviveram à explosão inicial. Até ao final de 1945, mais alguns milhares de pessoas morreram devido ao envenenamento por radiação, aumentando o número de mortos para cerca de 90.000. Desde então, cerca de mais 10.000 pessoas morreram devido a causas relacionadas à radiação.
De acordo com a cidade de Hiroshima, a 6 de Agosto de 2005, o número total de mortos entre as vítimas do bombardeamento era de 242.437. Esse valor inclui todas as pessoas que estavam na cidade quando a bomba explodiu, ou que foram, mais tarde, expostas a cinza nuclear e, consequentemente, morreram."( Fonte: Wikipedia)

Atualmente existem mais de 400 usinas nucleares em operação no mundo, a maioria delas nos Estados Unidos, França, Inglaterra e países do Leste europeu.

Agora, diante de mais essa catástrofe, mais do que conveniente para se analisar e se reflectir sobre a utilização dessa energia considerada a maldição da humanidade e nao uma necessidade, como ainda, infelizmente, defende varios paises como o caso de Moscou por exemplo conforme saiu ainda hoje : Moscou descarta energias alternativas

Cada vez mais, torna-se claro a importancia de se preservar e caminhar para um planeta sustentável . Nao predar, mas conviver harmonicamente. Eh preciso mais do que nunca,de soluções, rever novos conceitos e investir pesado em pesquisas sobre energias renováveis .


Reuni uns dois links interessantes q abordam a questao do mar , mais uma forma de recurso de energia e que tb vale a pena ser conhecido e discutido, ja que o planeta tem 3/4 da superfície coberto por água.

Ciencia Viva
Planeta Sustentavel




Fontes:
http://www.library.com.br/Filosofia/nucleare.htm/
http://members.tripod.com/~everton_herzer/radioatividade.htm/
foto:

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Preservação florestal torna-se tema central da ONU em 2011

Site da Folha.com:
"Diante do cenário ambiental crítico, o desafio da ONU é aproximar cidadãos do mundo todo em torno de um projeto comum: preservar a mata, que cobre só 31% das terras do planeta --maior reserva verde ainda está no Brasil.

O planeta deve registrar ainda em 2011 a marca de 7 bilhões de habitantes. À medida que a população se expande e exige cada vez mais recursos naturais e espaço no globo, a cobertura florestal se extingue. Atualmente, as florestas ocupam apenas 31% das áreas de terra do planeta.

É também em 2011 que as Nações Unidas decidiram promover o Ano Internacional das Florestas. Na quarta-feira, uma sessão em Nova York marcou o início das atividades para "promover a consciência e fortalecer uma gestão, conservação e desenvolvimento sustentável", diz o órgão. O desafio, no entanto, é transformar essa aspiração em soluções práticas e estimular o envolvimento dos cidadãos que vivem nas cidades."

Mais no site

Bom, hoje em dia, fala-se muito em exploracao de recursos e passa batido outra problemática : recursos X habitantes. Conforme jah lido, o planeta chega a 7 bilhoes de habitantes... Isso, torna-se preocupante quando se depara com o jeito que os recursos naturais andam sendo aproveitados e desperdiçados. O numero de habitantes cresce em velocidade 'bala' , sem a menor consciência ambiental e controle de planejamento familiar. Eh preciso substituir a questão do que fazer agora, para o que possamos fazer para evitar.